Algoritmo de CNPJ

Postado por Plinio Cruz em 7 de novembro de 2003 na categoria Programação, Soluções | 7 Comments to Read

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (3 votos, média: 5,00)
Loading...Loading...

Uma rotina muito utilizada por programadores em softwares comerciais é a da validação do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Muitos pegam essas rotinas prontas na internet, milhares de sites oferecem nas mais diversas linguagens de programação. Aos invés de você confiar seu software a essas rotinas que tal você mesmo desenvolver a sua tendo a certeza que a mesma está certa e funciona perfeitamente?

Para isso fomos atrás do algoritmo responsável pela validação de acordo com a regras do Ministério da Fazenda para você mesmo fazer seu algoritmo e ter certeza de que o mesmo funcionará corretamente além ter o controle do mesmo para eventuais modificações.

 

Entendendo o CNPJ

 

O número que compõe o CNPJ é composto por três segmentos de algarismos, sendo o primeiro o número da inscrição propriamente dito, o segundo (após a barra) o número de filiais e o terceiro representados pelos últimos dois valores que são os dígitos verificadores.

Oficialmente o cálculo do número do CNPJ prevê também a verificação do oitavo dígito, mas algumas empresas possuem números que ao serem validados segundo esse critério são considerados inválidos.

Por isso o mais seguro é você fazer a validação dos dígitos verificadores, pois assim nenhum número será inválido e sua rotina está protegida da mesma forma, já que a regra é única e funciona com qualquer CNPJ válido.

 

Validando os dígitos verificadores

 

Vamos mostrar o modo de cálculo de modo prático, para isso vamos adotar um número de CNPJ hipotético e calcularemos seus dígitos verificadores: 11.222.333/0001-XX.

Vamos começar alinhando os números que compõe o CNPJ com os algarismos 5,4,3,2,9,8,7,6,5,4,3 e 2 nesta ordem, veja:

1 1 2 2 2 3 3 3 0 0 0 1
5 4 3 2 9 8 7 6 5 4 3 2

Feito isso efetuaremos a multiplicação de cada uma das colunas, assim:

1 1 2 2 2 3 3 3 0 0 0 1
5 4 3 2 9 8 7 6 5 4 3 2
5 4 6 4 18 24 21 18 0 0 0 2

Com os valores encontrados em cada uma das colunas efetuaremos o somatório, desta forma: 5+4+6+4+18+24+21+18+0+0+0+2 e com o número obtido, nesse caso 102, realizaremos a divisão por 11 (102/11).

Vamos considerar como quociente somente o valor inteiro, o resto da divisão será responsável pelo cálculo do primeiro dígito verificador. Assim sendo, no nosso caso o resto da divisão é o número 3.

Neste momento temos a seguinte regra: Caso o resto da divisão seja menor que 2 o valor do dígito verificador passa a ser 0, caso contrário subtraímos o valor de 11 para obter o dígito, que é o nosso caso, portanto nosso primeiro dígito verificador é (11 – 3) o número 8.

Para seguirmos com a nossa validação tomaremos o CNPJ com o primeiro dígito já calculado para efetuarmos a validação do segundo e último dígito verificador: 11.222.333/0001-8X.

O processo é semelhante a primeira etapa, a única mudança é a seqüência de números que serão alinhados na tabela, como a tabela ficou maior com a presença do dígito já calculado a seqüência agora tem que ter mais um número e ficará assim: 6,5,4,3,2,9,8,7,6,5,4,3 e 2, confira:

1 1 2 2 2 3 3 3 0 0 0 1 8
6 5 4 3 2 9 8 7 6 5 4 3 2
6 5 8 6 4 27 24 21 0 0 0 3 16

Como você pode notar efetuamos também, como na primeira etapa, a multiplicação das colunas e faremos agora o somatório das resultados obtidos: 6+5+8+6+4+27+24+21+0+0+0+3+16. Com o resultado obtido, nesse caso 120, efetuamos a divisão por 11.

Nessa divisão, assim como no cálculo anterior, vamos apenas considerar o valor inteiro do quociente, pois o cálculo do último dígito verificador será feito com o resto da divisão seguindo a seguinte regra: caso o resto da divisão seja menor que 2 (dois), esse valor passa automaticamente a ser zero; caso contrário, que é o nosso caso, subtrai-se o resto de 11 para obter o valor do último dígito verificador, acompanhe: 120/11=10 com resto 10, 11-10 dígito verificador 1 – Nosso CNPJ agora completo 11.222.333/0001-81.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/storage/a/41/59/clubedainformatica/public_html/site/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273