Patrocínio Natura

Como embutir uma DLL no executável evitando sua distribuição separadamente

21 de novembro de 2003

Basicamente a técnica consiste em transformar o arquivo DLL (pode ser qualquer arquivo: imagem, som, etc) em um arquivo de recursos e adicioná-lo ao pacote do executável (extensão .res). Quando houver a necessidade do seu uso, ele pode ser extraído e salvo temporariamente (ou definitivamente).

TRANSFORMANDO O ARQUIVO DLL em RES

Neste pequeno roteiro irei demonstrar como incorporar o arquivo MIDAS.DLL ao seu arquivo EXE e sua extração automática quando o programa for executado.

Primeiro precisamos transformar o arquivo MIDAS.DLL em um arquivo de recursos, o qual chamaremos de MIDAS.RES.

  1. Vá ao prompt do DOS e crie um arquivo qualquer no formato texto com a extensão .rc (para manter uma coerência, chamarei-o de MIDAS.RC). Esse arquivo deverá possuir uma linha para cada arquivo a ser transformado em recurso. Nesse exemplo conterá apenas uma linha, pois trabalharei apenas com o MIDAS.DLL. Sua estrutura deverá ser:

    MIDASDLL DLLFILE C:\WINDOWS\SYSTEM\MIDAS.DLL

    O primeiro parâmetro é o label a ser atribuido ao arquivo (Será utilizado pelo delphi pra achar o recurso).

    O segundo é apenas um identificador do tipo de arquivo.

    O terceiro é o path onde o compilador de recursos irá buscar o arquivo para
    transformar em .RES.

  2. Execute o compilador de recursos que acompanha o delphi: Está na pasta BIN e se chama BRCC32.EXE. Este é um programa do DOS, portanto se você não estiver na pasta BIN do delphi, tenha a certeza que sua váriavel PATH esteja apontando para lá. ( Se quiser configurar na mão digite no DOS: SET PATH=%PATH%;diretorio_delphi\bin) Para transformar o arquivo .RC em .RES digite:

    BRCC32 MIDAS.RC

    Dê um comando DIR e verifique a existência do arquivo MIDAS.RES (Se não
    encontrar, revise os procedimentos).

CRIANDO UM PROGRAMA QUE LEVA A DLL EMBUTIDA

Veja agora como criar um programa que embute a DLL no seu executável:

  1. Crie um projeto com um form e coloque um TButton.
  2. No código fonte da Unit você encontrará o seguinte include: {$R *.DFM}
    Logo abaixo dele inclua o seu arquivo de recurso da seguinte maneira:
    {$R MIDAS.RES}
    Ficará assim:

    {$R *.DFM}
    {$R MIDAS.RES}

    Obs: Você pode colocar sua include em qualquer parte do programa (o linker o achará), contudo o ideal é nesta seção para facilitar a localização visual dos recursos utilizados pela sua aplicação.

    Nesse momento se você compilar seu projeto, o arquivo MIDAS.DLL já estará incorporado ao executável da aplicação.

Veja como extrair a DLL em tempo de código.

Uma veja incorporado ao executável um recurso, será necessário extrai-lo antes do seu uso (Depois mostrarei uma técnica de autoextração).

O Delphi possui uma Classe que permite a manipulação de recursos, é a TResourceStream. A rotina abaixo extrai o arquivo MIDAS.DLL e salva no diretorio da aplicação:

Procedure SaveMidas;
Var PathToSave : String;
    Res : TResourceStream;
Begin
  PathToSave := ExtractFilePath(Application.ExeName)+'\MIDAS.DLL';
  If not FileExists(PathToSave) Then Begin
     Res := TResourceStream.Create(Hinstance, 'MIDASDLL', 'DLLFILE');
     Try
       Res.SavetoFile(PathToSave);
     Finally
       Res.Free;
     End;
  End;
End;

Para executá-la, no OnClick do botão escreva: SaveMidas;

Veja o código completo:

uses
  Windows, Messages, SysUtils, Classes, Graphics, Controls, Forms, Dialogs,
  StdCtrls;

type
  TForm1 = class(TForm)
    Button1: TButton;
    procedure Button1Click(Sender: TObject);
  private
    { Private declarations }
  public
    { Public declarations }
  end;

var
  Form1: TForm1;

implementation
{$R *.DFM}
{$R MIDAS.RES}

Procedure SaveMIDASDLL;
Var PathToSave:String;
    Res : TResourceStream;
Begin
  PathToSave := ExtractFilePath(Application.ExeName)+'\MIDAS.DLL';
  If not FileExists(PathToSave) Then Begin
     Res := TResourceStream.Create(Hinstance, 'MIDASDLL', 'DLLFILE');
     Try
       Res.SavetoFile(PathToSave);
     Finally
       Res.Free;
     End;
  End;
End;

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
   SaveMidasDLL;
end;

end.


Se você quiser salvar no diretório System do Windows, a procedure abaixo facilitará sua vida:
Function ExtractSystemDir : String;
Var Buffer : Array[0..255] of Char;
Begin
  GetSystemDirectory(Buffer,144);
  Result := StrPas(Buffer);
End;

end.

AUTO-EXTRAINDO A DLL

Uma técnica interessante é a auto-extração da DLL no momento da inicialização de sua aplicação sem a necessidade da chamada explicita à procedure SaveMidasDLL.
Vamos utilizar o recurso de auto-inicialização das Units implementado pelo Delphi.

Para quem não conhece, o Delphi quando carrega uma Unit ele executa automaticamente o código dentro do bloco INITIALIZATION antes mesmo da aplicação ser totalmente inicializada, é um excelente gancho para se colocar rotinas de inicialização. O mais espertos já perceberam que o Bloco FINALIZATION faz o mesmo efeito, porém ao finalizar a execução da aplicação.

Para ver a auto-extração, acrescente o bloco de código abaixo ao final da Unit do Form:

Initialization
Begin
  ShowMessage('Gerando o arquivo MIDAS.DLL');
  SaveMidasDLL;
End;

End.

Veja que agora, quando o form é criado (e a unit acionada), a procedure SaveMidasDLL é executada automaticamente.

PROBLEMAS

Dependendo da forma como sua aplicação foi criada você pode se deparar com um problema: Uma parte do código pode estar chamando um arquivo que ainda não foi extraido (situação muito comum com aplicações que chamam DLL’s na sua inicialização).

Uma boa técnica é acrescentar o código de extração no arquivo .DPR, assim ele será acionado antes de qualquer outra rotina da aplicação.

Eu particularmente prefiro outra técnica: Colocar as rotinas de auto-extração em uma unit exclusiva e chamá-la primeiramente na minha aplicação, o código fica mais limpo, e todas as vezes que você precisar usar o recurso basta apenas acrescentá-la à sua cláusula Uses.

Veja o código pronto:

unit AutoMidas;

interface

Uses Windows, Classes, Sysutils, Forms,Dialogs;

Function ExtractSystemDir : String;
Procedure SaveMIDASDLL;

implementation

{$R MIDAS.RES}

Procedure SaveMIDASDLL;
Var PathToSave:String;
    Res : TResourceStream;
Begin
 
PathToSave := ExtractFilePath(Application.ExeName)+‘\MIDAS.DLL’;
  If not FileExists(PathToSave) Then Begin
    
Res := TResourceStream.Create(Hinstance, ‘MIDASDLL’, ‘DLLFILE’);
     Try
      
Res.SavetoFile(PathToSave);
     Finally
      
Res.Free;
     End;
  End;
End;

Function ExtractSystemDir : String;
Var Buffer : Array[0..255] of Char;
Begin
 
GetSystemDirectory(Buffer,144);
  Result := StrPas(Buffer);
End;

Initialization
Begin
  
ShowMessage(‘Gerando o arquivo MIDAS.DLL’);
   SaveMidasDLL;
End;

end.

Importante: Para evitar o problema mencionado acima, onde a aplicação chama o arquivo antes de sua extração, coloque sempre a sua Unit na primeira posição da lista da cláusula Uses, assim ela será a primeira a ser executada.
PS: uso da MIDAS.DLL foi apenas para fins didáticos, o delphi permite o uso das units MidasLib+Crtl para distribuição desse arquivo de forma mais simples.

Tutorial escrito por Adenilton Rodrigues – Belo Horizonte – MG

Compatilhe esse artigo!

4 Comentários

  • Eduardo 11 de março de 2015em15:09

    Adenilton boa tarde, sei que só tem 12 anos esse post rsrsrsrsrs, mas cara fiz o esquema que voce disse de criar a unit e colocar ela em primeiro, no meu micro roda e cria blz…porem se roda em outro micro ele diz que ta faltando a bendita da dll.

  • Plinio Cruz 11 de março de 2015em16:12

    Estamos tentando contato com o Adenilton para ver se conseguimos alguma ajuda! abs Plínio Cruz

  • Adenilton Rodrigues 11 de março de 2015em16:14

    Plinio, entre em contato comigo: aden@aden.com.br

  • Plinio Cruz 11 de março de 2015em16:54

    Eduardo o Adenilton postou o email pode entrar em contato direto com ele! abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.