Patrocínio Natura
Ajax: Requisições HEAD
AJAX , Programação / 9 de maio de 2009

É nóis di novo, apresentando mais um daqueles recursos que você vai achar extremamente interessante, mas não vai achar uso nenhum para ele. Falo das requisições to tipo HEAD em Ajax. Elas tem utilidade sim, mas você vai ter que por a cabeça pra pensar pra conseguir achar alguma. O que é uma requisição HEAD? Em uma requisição do tipo HEAD, oição do tipo HEAD, o servidor apenas retorna as linhas de cabeçaletorna as linhas de cabeçalho (os headers) de um arquivo qualquer. Isso quer dizer que podemos descobso quer dizer que podemos descobrir o Content-Type, ou Last-Modified de um arquivo sem precisar receber todo ele. Qual é a utilidade disso tudo? Não muita, concordo. Mas pense. Temos um arquivo extremamente grande para ser retornado. Devemos atualizar ele a um certo tempo, mas não precisamos disso se sua última modificação foi antes da primeira requisição. Fazemos uma requisição HEAD, descobrimos isso, e retornamos tudo aquilo apenas se precisarmos. Redundante, pouco prático, mas ainda assim é útil. Fazendo a tal requisição

Formulários com XAJAX
AJAX , PHP , Programação / 20 de março de 2009

Olá Pessoal. Obrigado pelos comentários e pelos e-mails recebidos nas últimas semanas. Neste artigo iremos estudar como enviar as informações de vários campos em nosso formulário, para nossa função PHP, sem que haja um submit. No artigo anteior vimos podemos fazer isso utilizando-se comando em javascript que pegam o conteúdo(value) do campo e passa para função, mas temos que concordar que se nosso formulário tiver uma quantidade grande de campos isso fica inviável, já que a quantidade de parametros na chamada da função xajax_() irá ficar enorme. O XAJAX então tem uma função para contornar isso: xajax.getFormValues(‘formID’). Esta função pega todos os campos com seus valores atuais e retorna um array com essas informações. Após isso é só tratar esse array e extrair as informações que são de nosso interesse. Vamos ao exemplo. Interface do formulário form.php  

Gerenciador de Arquivos com Ajax e ASP.Net
AJAX , ASP , Programação / 10 de outubro de 2007

Olá pessoal! Primeiramente gostaria de agradecer o grande retorno por parte dos leitores de meu último artigo, que tem enviado sugestões e até implementado mais o código. É realmente gratificante saber que meus textos estão ajudando. Hoje irei abordar algo menos comum, mas que considero bem interessante. Iremos começar a desenvolver um Gerenciador de Arquivos em ASP.net utilizando o Magic Ajax. Este é um artigo um pouco mais avançado, e destina-se à quem tenha um mínimo conhecimento em .Net e Orientação a Objetos. Para quem ainda não conhece o MagicAjax, ele é um framework open-source quem visa facilitar a implementação de AJAX nas aplicações ASP.net. Em junho eu escrevi um artigo aqui no iMasters falando sobre ele. Clique aqui para ler este artigo. . Antes de mais nada, visite o link e veja o exemplo on-line: . Ou baixe o código fonte do artigo: Iremos utilizar um controle DataList para exibir os dados na página. Isso irá facilitar muito nossa vida. Então vamos começar.

AJAX com ASP.Net – Criando uma aplicação em poucos minutos
AJAX , ASP , Programação , Tutorial / 10 de outubro de 2007

Olá pessoal! Neste artigo iremos abordar de forma prática um assunto muito na moda. Trata-se do AJAX. O AJAX (Asynchronous Javascript and XML) é uma metodologia antiga para acesso assíncrono a páginas Web. Ele já vem sendo utilizado arduamente há anos por programadores ASP, PHP e etc, utilizando uma mistura de JavaScript e XML. Tentarei mostrar como ASP.Net simplifica (e muito) a implementação de AJAX em suas páginas. Simplificando, as linguagens de programação Web (como ASP, PHP e até mesmo ASP.net) são processadas no servidor. Isso significa que cada vez que o usuário clica em um botão, a página é enviada de volta ao servidor, e recarregada. A utilização do AJAX permite que esse processamento seja assíncrono, evitando que a página seja recarregada, dando ao usuário uma sensação muito mais confortável. É uma ferramenta maravilhosa, quando bem utilizada. O exemplo mais bem sucedido que conheço da utilização de AJAX é o Gmail. Quando você navega pelo Gmail, as páginas não são diretamente carregadas. Ao invés disso, é mostrada uma mensagem na lateral superior direita, informando que a página está sendo carregada e enquanto isso podemos continuar a usá-la.

Ajax com a Mootools
AJAX , Programação / 2 de outubro de 2007

  Sempre gostei de escrever minhas próprias funções para meus scripts, e nunca havia usado uma biblioteca JavaScript (não que eu não tenha tentado). Elas nunca se adaptavam ao que eu queria. Até o lançamento da Mootools 1.11, o qual ouvi falarem muito bem. Resolvi testar. Motools é uma biblioteca JavaScript orientada a objetos, muito modular, compacta e, na minha opinião, muito simples de usar (não tanto quanto a jQuery, foi por isso que gostei). Nesse post vou explicar como fazer as requisições assíncronas, vulgo Ajax. Fazendo o Download Vá em http://mootools.net, e faça o download da biblioteca. Escolha os módulos que achar necessário para usos futuros, mas inclua os seguintes: Core, Function, Array, String, Element e Ajax (sério?). Também escolha a compressão que quiser. Feito isso, crie uma nova página, e inclua o script.