Qual é a font que você usou?

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (1 votos, média: 5,00)
Loading...

Postado por Plinio Cruz em 21 de abril de 2009 na categoria Solu√ß√Ķes, Tutorial, Utilit√°rios | Seja o primeiro a comentar

Essa é a pergunta que muitas pessoas fazem, ou por curiosidade, ou para ter acesso a um material gráfico no seu computador e sempre é seguida de outra mais curiosa ainda: Aonde você pegou essa font? A Internet tem a solução para tudo, ou quase tudo, quando se trata de informática.

O site My Fonts tem um servi√ßo gratuito que √©, para dizer o m√≠nimo, interessante. Ele possibilita que voc√™ envie um imagem GIF, JPEG, TIFF, BMP com formato de m√°ximo de 360 x 275 pixels para que o site identifique a font utilizada na sua ilustra√ß√£o, o servi√ßo chama-se: “What the font ?!

O Clube da Informática fez um teste e mostra os passos comentados com as telas e os pontos fortes e fracos do serviço, que no geral é muito bom e no final das contas, de um modo ou de outro, acaba cumprindo com sua proposta.

Enviamos uma imagem com média resolução e não muito nítida para testar o serviço, pois a metodologia é a seguinte, o sistema do site separa o que seria as letras da imagem e pede que você digite a letra correspondente, depois faz uma busca em seu banco de dados e retorna as possíveis fonts, se estiver bem nítido e for uma fonte com traços bem característicos você terá a resposta quase que imediata.

Na nossa imagem o sistema separou as imagens das letras, s√≥ derrapou nas letras “i” e “r”, pela baixa resolu√ß√£o pegou s√≥ o “r”, dando o reconhecimento da palavra “Parceros” e n√£o “Parceiros”, mesmo assim foi um bom desempenho.

Leia mais »

Site testa a configuração do seu PC para rodar games

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (2 votos, média: 4,50)
Loading...

Postado por Plinio Cruz em 11 de janeiro de 2009 na categoria Solu√ß√Ķes, Tecnologia, Utilit√°rios | Seja o primeiro a comentar

Com uma listagem de centenas de games, o site est√° sempre sofrendo atualiza√ß√Ķes , o que garante que voc√™ encontrar√° o game desejado para o teste. O Can You RUN it? √© uma sacada da System Requeriments Lab. Este site fornece uma solu√ß√£o que verifica o seu computador tanto hardware como software para determinar se o seu sistema pode executar o produto escolhido. Ele mostra um relat√≥rio completo, inclusive dando solu√ß√Ķes de atualiza√ß√£o de drivers ou at√© mesmo de hardware. Para rodar o teste √© preciso instalar um applet, aqui no Clube instalamos e correu tudo bem. Vale a pena colocar nos favoritos!

O que é Desfragmentador de disco?

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (3 votos, média: 5,00)
Loading...

Postado por Plinio Cruz em 5 de abril de 2008 na categoria Utilit√°rios, Windows, Xbox | 2 Comments to Read

O “Desfragmentador de disco” √© um utilit√°rio do sistema para analisar volumes locais ( exemplo: “Disco_local(C:)” ), al√©m de localizar e “consolidar arquivos e pastas fragmentados”, de modo que cada um ocupe um espa√ßo √ļnico e cont√≠guo no volume.

Como resultado, o sistema pode acessar e salvar arquivos e pastas de maneira mais eficiente. Ao consolidar seus arquivos e pastas, o “Desfragmentador de disco” tamb√©m consolida o espa√ßo livre do volume, tornando menos prov√°vel a fragmenta√ß√£o de novos arquivos. O processo de consolida√ß√£o de arquivos e pastas fragmentados √© chamado de desfragmenta√ß√£o.

A dura√ß√£o da desfragmenta√ß√£o depende de v√°rios fatores, inclusive do tamanho do volume, do n√ļmero de arquivos contidos nele, do n√≠vel de fragmenta√ß√£o e dos recursos dispon√≠veis no sistema local. Voc√™ pode localizar todos os arquivos e pastas fragmentados antes de desfragment√°-los, analisando o volume primeiro. Depois, voc√™ pode observar a fragmenta√ß√£o do volume e decidir se vale a pena desfragment√°-lo.

Os volumes ficam fragmentados à medida que os usuários criam e excluem arquivos e pastas, instalam novos softwares ou fazem o download de arquivos da Internet. Normalmente, os computadores salvam os arquivos no primeiro espaço livre contíguo que seja grande o suficiente para comportá-lo. Se não houver espaço livre suficiente, o computador salva o máximo possível do arquivo no maior espaço disponível, deixando os dados restantes para o próximo espaço, e assim por diante.

Após grande parte de um volume ter sido usada para o armazenamento de arquivos e pastas, a maioria dos arquivos novos será salva em partes separadas no volume. Quando você exclui arquivos, os espaços vazios restantes são preenchidos aleatoriamente à medida que novos arquivos e pastas são armazenados. Logo, quanto mais o volume estiver fragmentado, menor será o desempenho de entrada/saída de arquivos do computador.

Leia mais »

Conheça o TinkerTool

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (1 votos, média: 5,00)
Loading...

Postado por Plinio Cruz em 21 de janeiro de 2008 na categoria Mac OS, Utilit√°rios | Seja o primeiro a comentar

Usuários de Mac familiarizados com o Mac OS sabem que a Apple esconde diversos ajustes finos e recursos no sistema operacional, garantindo uma experiência personalizada. Graças a certas ferramentas como o TinkerTool, usuários novatos também podem usufruir desses recursos.

Algumas caracter√≠sticas do TinkerTool (que √© gratuito) tornam a interface mais atraente e personaliz√°vel, enquanto outras melhoram a performance do sistema ao mudar elementos gr√°ficos, desligando anima√ß√Ķes. Se voc√™ quer mais controle sobre seu Mac, TinkerTool √© a solu√ß√£o.

A sua vers√£o do Mac OS determina as op√ß√Ķes que o TinkerTool pode abrir para voc√™. O aplicativo funciona com OS 10.2 at√© 10.4, e o desenvolvedor acredita que ter√° uma vers√£o pronta para o Leopard 10.5, que sai no dia 26 de outubro.

Entre os melhores ajustes do TinkerTool est√£o as op√ß√Ķes para desligar a anima√ß√£o do Dock e do Finder, que ocorrem quando voc√™ abre um arquivo, aplicativo, seleciona um item nos menus, e assim por diante. Desligar essas op√ß√Ķes podem acelerar o Mac, principalmente se ele for um modelo antigo, ou com pouca mem√≥ria RAM.

Se voc√™ √© um usu√°rio Mac que trabalha com redes ou drives compartilhados com Windows, provavelmente se lembrar√° do infame arquivo .DS_Store que o Mac OS cria nos volumes que montar. Com o TinkerTool, voc√™ pode evitar a cria√ß√£o destes arquivos. Adicionalmente, TinkerTool oferece outras op√ß√Ķes para personalizar seu Dock; voc√™ pode coloc√°-lo no topo da tela (uma fun√ß√£o escondida no Mac OS X por padr√£o), fazer os √≠cones ficarem transparentes e muito mais. E o TinkerTool oferece um mundo de op√ß√Ķes para modificar o Safari, a forma que o Finder lida com arquivos de rede, √≠cones e avisos na tela, e mais.

Leia mais »

Linux: 10 dicas para se dar bem

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (1 votos, média: 5,00)
Loading...

Postado por Plinio Cruz em 30 de novembro de 2004 na categoria Linux, Reviews, Utilit√°rios | Seja o primeiro a comentar

N√£o tem jeito: por mais que voc√™ esteja acostumado com o Windows, na hora de usar o Linux √© tudo completamente diferente. √Äs vezes, o teclado n√£o funciona direito, arquivos MP3 n√£o s√£o reproduzidos corretamente… Enfim, os mais inexplic√°veis problemas podem ocorrer. Para ajudar voc√™ a escapar das armadilhas mais comuns, selecionamos dez dicas √ļteis para dominar o sistema operacional. Assim, voc√™ n√£o passa nervoso e pode gastar seu tempo conhecendo os novos recursos do sistema.

KDE, Gnome ou Window Maker?

Enquanto o Windows oferece apenas um ambiente gr√°fico, no Linux as coisas s√£o bem diferentes. Voc√™ pode escolher entre diversas op√ß√Ķes ¬≠ e isso independentemente da distribui√ß√£o que est√° sendo utilizada. Os tr√™s ambientes gr√°ficos mais utilizados s√£o o KDE, o Gnome e o Window Maker.

Cada um deles tem suas particularidades. O KDE, por exemplo, √© o mais parecido com o Windows, exibindo um K que faz o papel do menu Iniciar. J√° o Gnome √© mais recomendado para quem j√° tem um pouco de pr√°tica com Linux, uma vez que suas op√ß√Ķes s√£o um pouco mais escondidas. O Window Maker, por sua vez, √© totalmente diferente dos demais. Em vez de um menu fixo, oferece um √≠cone flutuante que serve para carregar aplicativos. S√≥ experimentando para entender.

Se quiser saber mais sobre os ambientes gráficos, não deixe de visitar os sites oficiais. Os endereços são: www.kde.org,  www.gnome.org e www.windowmaker.org.

Leia mais »