Intel® Xeon® Série 5500 melhoram a velocidade e a eficiência nos servidores

A Intel Corporation lançou, na última semana, 17 processadores para o segmento empresarial, encabeçados pelo processador Intel® Xeon® Série 5500. Esses são os processadores para servidores mais revolucionários da Intel desde a entrada nesse segmento com o processador Intel® Pentium® Pro há quase 15 anos.

Os novos chips para o segmento empresarial podem se ajustar automaticamente a níveis específicos de uso de energia, acelerando transações em data centers e a realização de pesquisas. Eles também desempenharão um papel fundamental nas descobertas científicas  por pesquisadores que utilizam supercomputadores  com suas bases para pesquisas, tudo isso ao mesmo tempo em que oferece ótima eficiência no consumo de energia para a redução dos custos com eletricidade.

Intel Xeon série 5500 codinome "Nehalem-EP"

Intel Xeon série 5500 codinome

O processador Intel Xeon série 5500, anteriormente chamada pelo codinome “Nehalem-EP”, oferece inúmeras tecnologias inovadoras que melhoram radicalmente a velocidade e a versatilidade do sistema. Tecnologias como a Intel® Turbo Boost Technology , a Intel® Hyper-Threading Technology , Integrated Power Gates, a próxima geração da Intel® Virtualization Technology (Intel® VT)  melhorada e a extended page tables, que permitem que o sistema se adapte a uma ampla gama de cargas de trabalho.

“O processador Intel Xeon série 5500 é a base para a próxima década de inovação” declarou Patrick Gelsinger, vice-presidente sênior e gerente geral do Grupo Digital Enterprise da Intel . “Esses chips demonstram os inovadores avanços em desempenho, virtualização e gerenciamento da carga de trabalho, o que criará oportunidades para resolver os mais complexos desafios do mundo e ampliar os limites da ciência e da tecnologia”.

Quinze bilhões de dispositivos conectados
À medida que o uso da Internet se aproxima da visão da Intel de quinze bilhões de dispositivos conectados, o processador Intel Xeon série 5500 também equipará a próxima transformação da infra-estrutura da Internet. A indústria high-tech tem como objetivo rodar aplicativos em hardware computacionais e processadores otimizados, que estão disponíveis sob demanda e de maneira escalável para as massas. Muitas vezes chamada de cloud computing, essa visão pode se tornar uma realidade devido a adaptabilidade, capacidade e inteligência do Xeon série 5500.

Maior salto de desempenho do Intel Xeon da história
Com mais de trinta novos recordes mundiais a série 5500 do Xeon estabeleceu novos padrões para desempenho com dois soquetes, ao mesmo tempo em que oferece mais que o dobro de ganhos em relação a geração anterior do Xeon série 5400.

As plataformas de servidores PRIMERGY* da Fujitsu estabeleceram novos recordes mundiais para o SPECint*_rate_base2006 e SPECfp*_rate_base2006 com pontuações de 240 e 194, respectivamente. O servidor HP ProLiantML370 G6*, no teste de desempenho TPC*-C, pulverizou o recorde anterior com uma pontuação de 631.766 tpmC utilizando o Oracle 11g database. No teste de desempenho SAP-SD, o servidor IBM x*3650 M2 estabeleceu um novo recorde com a pontuação de 5100 SD usuários. No teste de desempenho SPECpower*_ssj2008, que calcula o desempenho e a eficiência no consumo de energia de servidores, os sistemas Verari VB 1305 baseados no Xeon série 5500 superaram com facilidade o recorde anterior com uma pontuação de 1943 ssj_ops/watt. Utilizando o teste de desempenho VMmark, que calcula o desempenho de virtualização, diversas plataformas baseadas no Xeon série 5500 superaram o recorde anterior em até 150 por cento em relação à geração anterior do processador Intel Xeon série 5400, incluindo a plataforma Dell Power Edge* R710 com uma pontuação de 23,56@16 tiles.

Saltos dinâmicos em inteligência
Seja para empresas rodarem transações ou simulações de alta capacidade, ou para pesquisadores ansiosos por descobrir novos recursos de energia em galáxias distantes, os computadores baseados no processador Intel Xeon série 5500 adaptável serão os responsáveis por grandes impactos. Equipados com o triplo da largura de banda de memória dos processadores anteriores para servidores, as plataformas baseadas no processador Intel Xeon série 5500 gerenciam facilmente uma variedade de cargas de trabalho e condições. Uma nova característica, a Intel® Turbo Boost Technology , melhora o desempenho do sistema de acordo com o ambiente e a carga de trabalho do usuário, aumentando dinamicamente a velocidade do clock de um ou mais núcleos de processamento.

O processador Intel Xeon série 5500 também oferece melhorias para a eficiência no consumo de energia automatizada, fornecendo aos usuários um maior controle sobre seus gastos de energia. Isso inclui um nível de consumo inativo de apenas 10 watts, o que representa uma redução de 50 por cento³ no consumo inativo do sistema em relação à geração anterior do produto. As novas integrated power gates, baseadas na tecnologia high-k metal gate  da Intel, permitem que os núcleos inativos sejam desligados de forma independente.

O processador Intel Xeon série 5500 também leva o consumo inteligente a um novo nível com até quinze estados operacionais automáticos. Eles criam melhorias significativas para o gerenciamento do consumo do chip ao ajustarem o consumo de energia do sistema com base na capacidade de processamento em tempo real, sem sacrificar o desempenho.

Essas e outras capacidades mais inteligentes dos processadores também maximizam as vantagens no custo total de manutenção para aqueles usuários interessados em uma transição suave de seus atuais sistemas para o processador Intel Xeon série 5500. Nesse momento de desafios econômicos, os clientes podem substituir os seus servidores Xeon mais antigos pelo Xeon série 5500 e obter o retorno em apenas oito meses .

São revelados os novos processadores para embarcados
O L5518 e o L5508 são versões dos processadores Intel Xeon feitas sob medida para os segmentos de mercado de comunicações . Esses processadores contam com opções ideais para aplicativos pequenos em ambientes com restrições térmicas, como servidores blade e eletrodomésticos, para a infra-estrutura de comunicações, segurança e armazenamento, bem como para aplicações médicas, servidores carrier-grade rackmount, módulos de roteadores e até tecnologia para submarinos. O L5518 oferece 2,13GHz e um nível de consumo de 60 watts. O L5508 oferece 2,00GHz e um nível de consumo de 38 watts. Os novos processadores para embarcados e para comunicações oferecem suporte para um ciclo de vida estendido de sete anos. Esses novos chips habilitarão a tecnologia do futuro, como WiMAX, vídeo sob demanda e comunicações holográficas.

Novos produtos para componentes
A Intel também está anunciando novas placas para servidores que oferecem um maior nível de integração dos componentes. Além disso, a empresa está anunciando o Intel® 82599 10 Gigabit Ethernet Controller , oferecendo tecnologia avançada de virtualização  e suporte para unificação da rede, que melhoram muito o desempenho I/O da rede em datacenters virtualizados. Otimizada para suportar a maior largura de banda das plataformas baseadas no processador Intel®Xeon® série 5500, que oferecem mais de 150 por cento da largura de banda I/O da geração anterior de servidores para melhor atender os mais exigentes aplicativos de virtualização.

Também já está disponível o kit para desenvolvimento de software Intel® Data Center Manager que permite que os fornecedores de consoles para gerenciamento ampliem o controle do consumo da plataforma e estabeleçam dinamicamente políticas sobre o nível de consumo de datacenters e racks, respondendo às mudanças nas cargas de trabalho dos servidores para assegurar que os racks não excedam esses níveis de consumo.

Para aplicativos em servidores, o pico da freqüência do processador é de 2,93GHz, com velocidades de memória DDR3 de até 1333 MHz e níveis de consumo entre 60 e 95 watts. Sob certas condições, a Intel Turbo Boost Technology pode fornecer freqüências operacionais de até 3,33GHz, dependendo da configuração do processador e do sistema. As freqüências para workstations chegam até 3,20 GHz, com níveis de consumo de 130 watts. Cada processador possui até 8MB de cache nível 3.

A partir de hoje, mais de 230 sistemas baseados no processador Intel Xeon série 5500 deverão ser anunciados por mais de 70 fabricantes de sistemas de todo o mundo&mndash;incluindo um novo cliente da Intel, a Cisco, juntamente com Dell, Fujitsu, HP, IBM e Sun Microsystems, entre outros.

Muitos fabricantes de software também estão oferecendo suporte às plataformas baseadas no processador Intel Xeon série 5500, incluindo Citrix, IBM, Microsoft, Novell, Oracle, Red Hat, SAP AG, Sun Microsystems e VMware. Para aprender mais sobre como a Intel e os principais fabricantes de software oferecem plataformas inovadoras, por favor, visite http://www.intel.com/business/software/testimonials/xeon5500.htm .

Os preços do Intel Xeon série 5500 variam entre USD 188 a USD 1600 cada, para lotes com 1000 unidades. Os processadores Intel® Xeon® série 3500 com um único soquete variam entre USD 284 e USD 999 cada, para lotes com 1000 unidades. Os processadores embarcados L5518 e L5508 para os segmentos de mercado de comunicações custam entre USD 530 e USD 423 respectivamente, para lotes com 1000 unidades. Para mais detalhes sobre o processador Intel Xeon série 5500, visite www.intel.com/portugues/products/server/processors. Para mais detalhes sobre os recordes mundiais e outras alegações, visite www.intel.com/performance/server/xeon/summary.htm .

Disponibilidade no Brasil
No Brasil, os fabricantes que disponibilizarão equipamentos com o novo o processador Intel Xeon série 5500 são Accept, Bull, Cisco, Dell, HP, IBM, Itautec, Positivo, SGI, Sinco e Sun Microsystems.

Compatilhe esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.